Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Montfort’

Do Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem Maria (destaques meus):

Deus Pai reuniu todas as águas e chamou-lhes mar; reuniu todas as Suas graças e chamou-lhes Maria. Este grande Senhor tem um tesouro e um cofre riquíssimo no qual encerrou tudo aquilo que tem de bom, admirável, raro e precioso, incluindo o seu próprio Filho; este tesouro infinito é Maria, a quem os santos chamaram tesouro do Senhor e da plenitude dele todos os homens são enriquecidos.

Deus Filho comunicou à Sua Mãe tudo o que adquiriu pela Sua vida e morte, os Seus méritos infinitos e as Suas virtudes admiráveis, fazendo-a tesoureira de tudo o que o Seu Pai Lhe deu como herança; é por ela que Ele aplica os Seus méritos aos Seus membros, que comunica as Suas virtudes, distribui as Suas graças; é o Seu canal misericordioso, o Seu aqueduto, por onde faz passar doce e abundantemente as suas misericórdias.

Deus Espírito Santo comunicou a Maria, a Sua fiel esposa, os Seus inefáveis dons e escolheu-A para dispenseira de tudo o que possui: de modo que ela distribui a quem quer, como quer e quando quer todas as graças e dons, e nenhum dom celeste é concedido aos homens que não passe pelas suas mãos virginais. Pois esta é a vontade de Deus, que tenhamos tudo por Maria; assim será enriquecida, exaltada e honrada pelo Altíssimo aquela que se fez pobre, humilhou e escondeu até ao fundo do nada pela sua humildade, durante toda a sua vida. São estes os sentimentos da Igreja e dos Santos Padres.

Se estivesse a falar aos espíritos fortes do nosso tempo podia provar tudo o que acabo de dizer simples e minuciosamente, com textos da Sagrada Escritura e dos Santos Padres, cujos passos em latim citaria e com todas as sólidas razões que se poderão encontrar pormenorizadamente no Padre Poiré no seu livro Tríplice Coroa da Santa Virgem. Contudo, como falo de modo particular aos pobres e aos simples que, estando cheios de boa vontade e tendo mais fé do que o comum dos sábios, acreditam mais simplesmente e com mais mérito, contento-me por isso em lhes expor simplesmente a verdade, sem me deter em citar todos os passos latinos[…]

Anúncios

Read Full Post »

Confesso, com toda a Igreja, que Maria sendo pura criatura saída das mãos do Altíssimo, comparada com a Divina Majestade, é menos do que um átomo, antes é menos que nada, pois só Deus é “Aquele que é” e que, por consequência, este supremo Senhor, sempre independente e bastando-se a Si próprio, não teve nem tem absolutamente necessidade da Virgem Santíssima, para realizar e cumprir as suas vontades ou para manifestar a Sua glória. Basta-lhe querer, para que tudo seja feito.
Digo, entretanto, que, postas as coisas como estão, tendo Deus querido começar e acabar as Suas maiores obras servindo-Se da Santíssima Virgem, desde que A formou, devemos acreditar que não mudará de procedimento nos séculos dos séculos, porque é Deus e não muda de sentimentos nem de procedimento.

Read Full Post »

Se, como é certo, o conhecimento e o Reino de Cristo chegarem ao mundo, isso será necessária consequência do conhecimento e do reino da Santíssima Virgem Maria, que deu Jesus ao mundo pela primeira vez e que O manifestará uma segunda vez.

Read Full Post »

%d bloggers like this: